Minuto Atitudes Ambientais e Sustentabilidade

Reuso da Água Gerada de Ar Condicionado

O que fazer com a água que gerada de ar condicionado?

Você pode coletar para reutilizar em acões diversas que não sejam fins nobres, como por exemplo, lavagens de pisos.

Utilize canos de PVC de 100mm para confeccionar o coletor.

Veja fotos e inspire-se!

Pratique atitudes ambientais e contribua com a redução do consumo de água!

Fernando Lelis

Minuto Atitude Ambiental e Sustentabilidade- Dia da Água

Proteger a água é proteger a vida!

Hoje o minuto atitude ambiental poderia gerar grandes textos e pensamentos sobre os recursos hídricos, mas me resumo em falar da importância em manter as APP’s que são áreas de proteção permanente, que são fundamentais para manter estes recursos indispensáveis como rios, lagos e nascentes. 

A foto abaixo mostra uma bica d’água que gera em 24 horas uma quantidade de água para abastecer com água potavel, uma pequena cidade com cerca de 7.000 habitantes. 

Proteger água é proteger a vida!

Faça um pouco, quando perceber estará contribuindo muito.

Até a próxima!

Fernando Lelis

Minuto Atitudes Ambientais e Sustentabilidade

Vassoura Sustentável

No SESI do Horto em BH, uma Atitude Ambiental realizada pelo Sr. Sandoval, foi registrada e agora compartilhada para que todos possam conhecer e aplicar as pequenas atitudes ambientais que fazem a diferença.

Folhagens secas de uma palmeira, são utilizadas para os serviços de varrição de parques e jardins através da confecção de uma vassoura sustenotável.

Está atitude, economia recursos não renováveis como consumo de água por exemplo.

Parabéns ao Sr. Sandoval!

E você, prática atitudes ambientais?

Fernando Lelis

Minuto Atitude Ambiental e Sustentabilidade

UM OLHAR DIFERENTE NA PAISAGEM URBANA

Sempre há algo que pode nos surpreender!

Observação de árvoreAs paisagens urbanas podem nos mostrar a responsabilidade ambiental e social tanto da cidade quantos dos maradores. A falta de coleta de lixo não significa que a frente da sua casa pode ficar suja, se não há arborização, não significa que você não pode plantar uma árvore em frente da sua casa, apesar de fazê-lo com responsabilidade e cuidados para não causar transtornos e riscos a segurança das estruturas da sua casa e de seu vizinho.

Hoje me deparei com uma espécie de arbusto em frente a uma residência, ao qual o morador teve um olhar diferenciado para a cidade e plantou uma árvore, que se trata da espécie: Tecoma stans  com diversos nomes comuns como Ipê de jardim.

Abaixo a descrição da espécie que, apesar da informação de que se trata de uma espécie invasora, achei uma boa opção para a arborização urbana e fiz semeadura. Vamos ver os resultados.

Até o próximo Minuto Atitude Ambiental e Sustentabilidade!

Fernando Lelis Xavier

Biólogo

Fonte abaixo no site: http://www.jardineiro.net/plantas/ipe-de-jardim-tecoma-stans.html

 O ipê-de-jardim é uma arvoreta bastante ramificada, que pode alcançar 4 a 6 metros de altura. Ele apresenta folhas compostas por folíolos ovais-lanceolados, sub-sésseis e de bordas serrilhadas. As inflorescências são terminais ou axilares, com muitas flores tubulares, amarelas, muito parecidas com as do Ipê-amarelo (Tabebuia spp). A floração é maior nos meses mais quentes, mas pode perdurar durante o outono. Os frutos são cápsulas glabras deiscentes, compridas e contém muitas sementes aladas.

No paisagismo é apropriada isolada ou em grupos, formando renques. No entanto sua utilização é controversa, pois apesar de ser muito ornamental é considerada uma perigosa planta invasora, capaz de inutilizar pastagens e prejudicar a regeneração de áreas degradadas. Isto se deve à sua grande capacidade de produzir sementes viáveis e ao seu rápido crescimento.

O ipê-de-jardim é uma planta muito rústica, e deve ser cultivada à pleno sol, em solo fértil e enriquecido com matéria orgânica, com regas nos períodos mais secos. Tolerante às geadas. Multiplica-se por sementes e por estaquia.

Mudas em desenvolvimento: 15/07/2017 – 4 meses pós semeadura

Minuto Atitude Ambiental e Sustentabilidade

A árvore de nim produz sementes que germinam facilmente e são de crescimento rápido. 

Apesar de ser uma espécie exótica eu faço mudas com germinam no meu jardim e distribuo para ajudar na arborização.

Uma pequena atitude que compartilho aqui no blog.

Espero que ajude na motivação!

Fernando Lelis Xavier

Biólogo

Minuto Atitude Ambiental e Sustentabilidade

POR QUE NÃO MISTURAR RESÍDUOS RECICLÁVEIS

Um minuto gasto para separar embalagens recicláveis, gera muitos benefícios na qualidade dos resíduos a serem coletados e processados para venda, gerando dividendos às cooperativas de catadores e recicladoras e melhoria na saúde ambiental para todos, com a redução dos resíduo nos lixões, economia de tempo na segregação, água, energia e recursos da natureza.

Na hora de descartar os resíduos, pense nas consequências que a sua atitude positiva possa trazer para o meio ambiente!

Tenha atitudes corretas, vale a pena!

Minuto Atitude Ambiental e Sustentabilidade

Fernando Lelis Xavier

Biólogo Especialista em Resíduos Sólidos

Educação Ambiental, não desistir

Já pensou em desistir de seus sonhos? Não?
Um sonho não se transforma em realidade da noite para o dia, é preciso vencer o medo, a solidão, a ansiedade entre outros desafios.
Comunicar sobre o meio ambiente e sobre a forma educada de tratar com as questões ambientais é um desafio para quem se propôs a fazer tal atividade.
Tenho encontrado dificuldades na adesão das pessoas às questões ambientais, mas a certeza de fazer o que acredito, me motiva a continuar.

A realidade, são sonhos que colocamos em prática.

Um abraço!
Fernando Lelis Xavier

Compostagem caseira, uma atitude ambiental

Grande quantidade de resíduos, cerca de 40% é destinado a lixões. O resíduo orgânico proveniente de alimentos, pode ser decomposto no quintal, diretamente no solo ou em composteiras caseiras ou adquiridas no mercado. A prática de transformar os resíduos alimentares em compostos orgânicos, que podem ser utilizados na adubação de plantas e jardins da própria residência, é uma prática cada mais necessária para a redução da poluição ambiental.

O resíduo orgânico destinado a lixões,  se contamina quando entra em contato com os resíduos diversos e até perigosos que muitas das vezes são depositados neste locais.

As suas atitudes podem contribuir para a redução da poluição ambiental e na melhoria da qualidade ambiental.

Você pode ignorar estas informações ou contribuir com o meio ambiente.

Qual será a sua escolha?

Vídeo:

 

Os números de 2015

Os duendes de estatísticas do WordPress.com prepararam um relatório para o ano de 2015 deste blog.

Aqui está um resumo:

Um bonde de São Francisco leva 60 pessoas. Este blog foi visitado cerca de 740 vezes em 2015. Se fosse um bonde, eram precisas 12 viagens para as transportar.

Clique aqui para ver o relatório completo

A natureza perto de você

A natureza só precisa de uma oprtunidade para se reestabelecer.
Como diria a carta: “aqui tudo se plantando dá”. Basta uma pequena atitude em plantar algo, mesmo em pequenos espaços, que a natureza inicia o seu processo de reestabelecimento.
Antes da implantação do Residencial onde esta localizado minha casa, existia uma área de pecuária e anterior a esta área, acredito que existisse uma área preservada com floresta nativa da região Pré Amazônia.
Quando recebi a casa no quintal que foi aterrado, não existia nenhuma espécie da flora e da fauna local.
Após 2 anos de habitação, me sinto feliz em ver meu quintal se restabelecendo, sendo visitados por diversos insetos, aves e répteis, sendo um casal cujo nome são Kiko e Kika, respectivamente uma espécie de sapo macho e fêmea, que ajuda no equilíbrio de mosquitos que rondam a casa mantendo-os em baixa população.
Hoje deparei-me com um camaleão se desfrutando das folhagens dos ramos do pé de maracujá.
A natureza é assim, teima em se restabelecer.
Que bom que é assim!
Faça a sua parte e contribua com o restabelecimento da natureza e divulgue estas práticas!

Abraço!
Fernando Lelis Xavier
Biólogo
CRBIO 77.869

image

      Ache o Camaleão

image

        Ramos de maracujá no quintal